Frequências Eletromagnéticas Nocivas – Um perigo silencioso.

Extraído de : https://thetruthaboutcancer.com/dirty-electricity-emf/

A eletricidade foi originalmente introduzida na população em massa na forma de uma lâmpada prática e duradoura, exaustivamente pesquisada e idealizada por Nikola Tesla, porém cujo incrível feito foi atribuído a Sir Thomas Edison. Em pouco mais de um século, a eletricidade trouxe consigo uma incrível variedade de inovações tecnológicas.

Mas esse conto tecnológico não é totalmente feliz. Enquanto levamos vidas mais convenientes, nossos aparelhos elétricos modernos podem estar silenciosamente prejudicando… e até mesmo nos matando. Acontece que eles emitem “eletricidade suja” e frequências eletromagnéticas (FEEs ou , em inglês, as EMFs).

Muitas dessas frequências são bem diferentes de qualquer coisa que exista na natureza. À medida que nosso ambiente se torna mais denso com FEEs artificiais feitos pelo homem, nossos corpos são afetados por essas frequências, que provocam alterações prejudiciais em nosso corpo e mente e levam a doenças.

Para entender melhor as FEEs , vamos mergulhar em seus quatro principais componentes – campos elétricos, campos magnéticos, radiofrequência e eletricidade suja – cada um deles afetando o bem-estar de todos nós, de maneiras que só agora estamos começando a entender.

Campos Elétricos


Os campos elétricos são produzidos quando as partículas são carregadas, seja por fricção natural ou por meio de um fornecimento de tensão. Os campos elétricos ficam mais fortes quando há menor distância até a fonte. Por exemplo, quando há um aumento na tensão de alimentação ou se está perto de um condutor carregado.

Os geradores mais comuns de campos elétricos em uma casa são fontes de energia elétrica e fiação nas paredes. Para os lares americanos, a voltagem padrão de CA (corrente alternada) é de 60 hertz – o que significa que cada bit de eletricidade em sua casa muda de negativo para positivo, 60 vezes por segundo. Como nosso tempo é gasto principalmente em casa ou no trabalho, as células do nosso corpo estão sempre em uma constante batalha de atração e repulsa. Portanto, eles nunca realmente descansam muito.

Muitas casas na América do Norte têm campos elétricos entre 2.000 e 3.000 milivolts (mV), o que é muito maior do que o que é considerado um nível seguro de exposição. Além disso, os campos elétricos normalmente se estendem a pelo menos dois metros de sua origem – e podem nos afetar mesmo quando nossos aparelhos estão desligados.

Um grande problema de saúde que surge da constante exposição ao campo elétrico é o rompimento da produção de melatonina da nossa glândula pineal, o que não nos permite ter um sono profundo que é vital para a reparação do nosso corpo. Esse distúrbio leva a muitas outras complicações, como fadiga constante, aumento de alergias, insônia e depressão a longo prazo.

Campos magnéticos


Os campos magnéticos são tipicamente produzidos através de aparelhos elétricos e eletrônicos que contêm um transformador ou um motor. Os eletrodomésticos comuns que emitem campos magnéticos são fornos de microondas, refrigeradores, despertadores digitais, secadores de cabelo, máquinas de lavar roupa, lava-louças e lâmpadas fluorescentes.

Fiação ruim e encanamento ruim também podem levar a um aumento nas correntes carregadas. Esses campos magnéticos podem causar alterações no funcionamento do nosso corpo e do cérebro ao longo do tempo, como muitos estudos demonstraram.

Outros efeitos adversos na saúde humana incluem disfunção do sistema imunológico, desenvolvimento de vários tipos de câncer, fadiga extrema e depressão prolongada.

Radiação de Radiofrequência


Frequências de rádio são tipicamente produzidas por cargas elétricas que estão se movendo em uma antena. A radiofrequência é usada principalmente em dispositivos de comunicação, como torres de telecomunicação, antenas de transmissão, telefones celulares e tecnologias sem fio (por exemplo, roteadores Wi-Fi, telefones sem fio, Bluetooth). Essas ondas transportam informações de um ponto a outro, tornando possível a comunicação rápida.

Muitas vezes são os telefones celulares que podem causar problemas à nossa saúde. A peculiaridade dos telefones celulares é que os mantemos muito próximos de nossos cérebros e muitos de nós usamos nossos telefones celulares com tanta frequência. Outro problema ligado ao celular tem a ver com torres de celular. Viver próximo a uma torre de celular pode significar um bombardeio constante de radiação de freqüência de rádio.

https://novaconscincia.wordpress.com/2016/10/13/radiacoes-eletromagneticas-sob-o-corpo-humano/

Um dos maiores estudos realizados pela alemã T-Mobile afirmou que “uma infinidade de estudos encontrou um tipo de dano de
FEEs de alta frequência que é importante para estartar e para alimentar um câncer”.

Outros infratores de pior frequência de rádio em casa são o Wi-Fi de modems / roteadores sem fio, telefones sem fio e consoles de jogos. No entanto, muitos outros dispositivos novos, como máquinas de lavar roupa, fogões elétricos, lava-louças e refrigeradores também estão começando a emitir radiação de radiofreqüência à medida que estão sendo compatíveis com medidores inteligentes que estão sendo introduzidos.

O professor Martin Blank da Columbia University realizou vários estudos sobre esse assunto. Ele divulgou um testemunho para destacar que as proteínas “stress” são desenvolvidas em células humanas quando expostas à radiação de radiofrequência. Essas proteínas de estresse são liberadas para proteger o corpo, o que indica que o corpo humano vê a radiofrequência como prejudicial.

A liberação de longo prazo de proteínas do estresse está ligada à doença. Alguns perigos para a saúde da radiação de radiofrequência (além do câncer) são infertilidade, distúrbios de sono, problemas de memória e danos ao nosso sistema nervoso central.

Eletricidade Suja


A eletricidade vem em várias qualidades. Por uma questão de simplicidade, há eletricidade limpa e suja, que são diferenciadas essencialmente por sua freqüência. A eletricidade limpa nos EUA tem uma onda senoidal perfeita de 60 hertz enquanto a eletricidade suja é transformada ou “corrompida” e tem uma série de outras frequências mais altas presentes.

Eletricidade suja é introduzida em nossas casas através de fiação elétrica, mas também através de encanamento, o próprio solo e uma série de aparelhos. Uma grande fonte de eletricidade suja é de torres de celular. Essas torres funcionam com corrente contínua (CC), mas a corrente chega até elas como corrente alternada (CA).

No processo de inversão, a eletricidade suja é produzida por inversores e é enviada de volta para nossas casas por meio de fiação elétrica.

Problemas de saúde relacionados à eletricidade suja incluem diabetes, enxaqueca, ansiedade, esclerose múltipla, problemas musculares e articulares e até mesmo suicídio.

Uma maneira barata de descobrir se a sua casa tem eletricidade suja é usando um rádio AM. Coloque o rádio nas estações intermediárias, onde é apenas ruído branco e aproxime-o de todas as tomadas da sua casa. Se você ouvir um som de assobio, então você sabe que tem um problema particular nessa área.

17 soluções para limitar sua exposição à eletricidade suja e EMFs em casa


A boa notícia é que você não precisa ficar sentado e permitir que seu corpo seja lentamente danificado por um invasor invisível e não convidado. Vamos ver algumas das soluções.

Etapas que você pode tomar para proteger sua casa de campos elétricos prejudiciais:


* Livrar-se de equipamentos elétrico supérfluos, que são todos condutores de eletricidade.
*Compre sempre cabos de extensão fabricados sob especificação técnica de segurança.
* Altere o disjuntor do seu quarto para excluir necessidades (por exemplo, detector de fumaça, alarme, geladeira) e, em seguida, desligue o disjuntor à noite para um sono reparador.
*Contrate um profissional de FEEs ( um eletricista) para lhe fornecer recomendações personalizadas para tornar o seu quarto e / ou lar um local mais seguro.

Dicas para remover campos magnéticos da sua casa incluem:


*Comece lendo os níveis de campo magnético em sua casa usando um medidor de FEEs dor EMF ED88T da Cornet.
* Use despertadores alimentados por pilhas e baterias, em vez daqueles que você conecta a uma tomada.
*Deixe pelo menos 20 cm de espaço entre sua cama e sua parede, pois a fiação (mesmo nas paredes) ainda pode emitir um campo magnético significativo no qual você não quer ficar dormindo.
*Se o seu quarto estiver localizado bem ao lado de um poste, posicione sua cama de tal forma que fique a uns dois metros de distância desta forte fonte de campo magnético.
*O frigorífico e o centro de entretenimento em casa são frequentemente os maiores produtores de campos magnéticos da sua casa. Se o seu quarto está situado mesmo ao lado da cozinha ou do home theatre, certifique-se de colocar a sua cama no lado oposto do quarto, para que possa estabelecer uma distância segura.

Quando se trata de radiação de radiofrequência, aqui estão alguns passos úteis que você pode tomar:
*Desligue o celular e mantenha-o fora do seu quarto à noite. *Quando você não estiver usando seu celular, coloque-o no modo avião, para que ele não esteja em comunicação com torres de celular.
*Esqueça o uso de fones de ouvido Bluetooth, não importa o quanto você ache conveniente. Um simples conjunto de fones de ouvido fará o mesmo efeito. Ou melhor ainda, use o modo viva voz e mantenha o telefone o mais longe possível do seu corpo.
* Não use seu celular quando estiver em um carro ou em transporte público. A radiação de radiofrequência oscila e pode bombardeá-lo continuamente com radiação nociva.
*Se você estiver usando um laptop em casa, evite usar o Wi-Fi e opte por conexões Ethernet com fio. Também é melhor evitar o uso de um telefone sem fio, pois ele também é um dispositivo sem fio. Optar por ter conversas em um telefone fixo em vez de colocar o celular na cabeça por longos períodos de tempo.
* Para dar um passo adiante, você pode comprar um medidor de freqüência de rádio. Isso fornecerá leituras sobre os níveis de exposição em sua casa e permitirá que você localize pontos de acesso FEEs.
*Para garantir que sua casa continue sendo uma zona de eletricidade limpa, comece reduzindo ou eliminando o uso de aparelhos problemáticos, como interruptores dimmer, produtos sem fio, impressoras, scanners, computadores, televisores e dispositivos que economizam energia.
*Além disso, é uma boa opção substituir todas as lâmpadas led, pois estas são as lâmpadas mais saudáveis ​​de se ter em sua casa.
*Para o bem da saúde e bem-estar de seus entes queridos, reconheça a existência de FEEs em sua casa e o significativo potencial de dano que eles apresentam … e comece a trabalhar ativamente em soluções hoje mesmo!

e os problemas potenciais não param por aí….

As abelhas são cheias de magnetita e contam com o campo eletromagnético para navegação … um de seus principais desafios é o bombardeio de amplitudes de banda prejudiciais de celulares, especialmente 4G e 5G, que interferem com sua navegação. Agora que sabemos que os celulares são dispositivos extremamente nocivos no que diz respeito a emissão de FEEs, talvez seja uma ótima pedida desejarmos estar em uma largura de banda que não seja prejudicial para organismos vivos .. inclusive humanos, animais e plantas …

Para conhecer algumas das maneiras de equalizar o seu campo, entre em contato conosco.

Deixe uma resposta